Topo
Blog UOL Música

Blog UOL Música

Categorias

Histórico

Documentário "Premê - Quase Lindo" é uma homenagem à música brasileira

UOL Música

25/11/2015 16h19

Premeditando o Breque

Primeira formação do Premê, na década de 1970

"Eles são uns cronistas de São Paulo como poucos. Desde Adoniran Barbosa, não existe ninguém que tenha tanto uma veia paulistana quanto eles", conta Alexandre Sorriso, criador do documentário "Premê – Quase Lindo", lançado em DVD na semana passada.

Em uma conversa descontraída numa mesa de bar com o músico Danilo Moraes, Sorriso surgiu com a ideia de fazer um filme sobre o Premê, contando a história da banda desde sua criação, na década de 1970, até os dias de hoje. "A gente vê o que encontra disponível, vai acumulando material e um dia termina. Esse era o plano inicial", relembra o diretor.

Acontece que o buraco era bem mais embaixo. "Quanto mais cavava, mais material a gente encontrava. Até que a nossa maior dificuldade foi grana, principalmente para conseguir comprar os materiais antigos gravados".

O projeto demorou para ficar pronto, apesar da ajuda de patrocinadores. Longos 6 anos se passaram até o produto final, organizado em 70 minutos de filme. Para Danilo, filho de Wandi, outra dificuldade no processo todo foi desenhar um "roteiro" para o longa. "Cada material que a gente pegava era catalogado e separado direitinho. Até que chegou uma hora em que pensamos 'como é que vamos dar um sentido nisso tudo?"'.

A dupla recorreu ao trabalho de Renato Gaiarsa, que ficou encarregado de editar e sintetizar o longa. "Sempre demos liberdade para ele. Queríamos ver uma nova linguagem, um outro caminho para transformar o filme", conta Sorriso.

Os homenageados

Para os integrantes do grupo, a produção foi surpreende. "Foi bacana demais ver o resultado disso, principalmente pela produção do Danilo, que nós vimos crescer. Ficou muito lindo!", afirma Mario Manga, violonista e vocalista do Premê. Já para o flautista Claus Petersen, "o legal é que quem correu atrás foi tudo gente jovem, que conhecia a banda e que faria um bom trabalho, mesmo com os perrengues, então estaria em boas mãos".

Para o pai coruja, o projeto não sairia sem o filho, um dos maiores fãs do grupo. "Sem exagero, com 20 dias de idade, o Danilo já estava no SESC Pompéia assistindo do berço o show do Premê. E ele sempre se interessou pelas histórias, dava risada com a gente", relembra o vocalista Wandi.

Clique para ouvir "Pinga Com Limão"

Relembrar é um dos temas mais discutidos entre os integrantes do Premê, basicamente, porque muitas entrevistas e filmagens vistas no filme foram esquecidas pelas décadas. "Ah, imagina que eu lembrava de tudo… não lembrava de nada! Só descobri no filme que tínhamos ido no Jô umas 3 vezes, juro!", conta bem-humorado.

A banda começou nos circuitos universitários da USP, em 1976. Uma das primeiras participações em festivais é apresentada no documentário, dando destaque à música Brigando na Lua, composta por Manga.  "Naquela época, com a censura, a música brasileira estava desfocada, tinha muito disco music e umas canções românticas, o que eu, particularmente, não suportava. Por isso, a gente decidiu fazer uma coisa diferente. Estávamos na mesma escola, com as mesmas vontades, então as condições eram favoráveis"

As músicas inteligentes e criativas do grupo serviram de inspiração para tantas outras bandas brasileiras, como os Mamonas Assassinas. Wandi acredita que ainda há chance de nascer um outro Premê. "Nunca gostei de saudosismo, sabe? Os músicos da nova geração são excelentes! E eles estão muito bem equipados, sabem harmonias, estão mais ligados em tudo. Um exemplo é aquele grupo O Terno, os garotos são muito bons! Então eu acredito que tem muita gente fazendo um som interessante, sempre há novas possibilidades".

O documentário "Premê – Quase Lindo" já está disponível nas lojas. Resgatar a história e lembrar do contexto em que a banda foi formada ressalta a importância da música brasileira. Sorriso e Danilo conseguiram transpor a personalidade do grupo para o filme, deliciando os fãs com um roteiro simples, sem entrevistas quebradas e, claro, com muita música.

Rodolfo Vicentini
UOL Música Deezer

Sobre o Blog

Este é o blog oficial do UOL Música Deezer. Com ele, nós da equipe e nossos colaboradores podemos nos comunicar com os ouvintes, sugerindo, informando, divulgando e discutindo tudo que diz respeito ao universo musical. E é claro, ouvindo o que vocês têm a dizer. Ouça, leia e comente!

Mais Blog UOL Música